Madrinhas de guerra

As madrinhas de guerra surgiram na nossa sociedade a partir de 1961 aquando do início da guerra do Ultramar. Onde Angola Moçambique e Guiné sendo nossas colonias, mantiveram uma guerra na tentativa de independência até 1974. Altura em que Portugal após o 25 de abril iniciou o tratado da descolonização. E foi nestes 13 anos de guerra que apareceu como que por magia as famosas (madrinhas de guerra) As mulheres mais jovens entenderam por bem solidarizarem-se com os militares numa troca de correspondência por carta ou aerograma este (batestradas) era o mais utilizado. Só quem por lá passou poderá testemunhar a alegria o contentamento o bem estar que isso provocava. É indescritível descrever o efeito provocado por um simples pedaço papel, quantas vezes com imensos erros, mas era tudo tão bom!.. Até o cheiro era o da nossa terra: (penso agora que a nossa imaginação é que fazia todo este filme), mas parecia tão autentico que ainda hoje tenho saudades.       

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *